Está aqui

Como se tornar num ótimo redator

Para se ser um bom redator não basta ter talento para escrever. Redigir artigos de que todos gostem é uma arte que precisa de ser aprendida para poder ser melhorada. Saiba como se tornar num ótimo redator e melhore a qualidade dos seus trabalhos.

Aprender a ser versátil

Um bom redator precisa de ser capaz de escrever sobre tudo. Não importa se o redator tem mais capacidade para a linguagem lírica ou subjetiva, ou se pelo contrário é dotado de um excelente espírito analítico. O que interessa é que na hora da verdade o redator consiga dar resposta a qualquer tema que lhe seja proposto, e que o faça com qualidade vendável.

Um excelente redator não tem temas preferidos

Embora o gosto pessoal não possa nem deva ser anulado, um bom redator não tem temas preferidos. Quando se atinge o estatuto de excelente redator já se transcendeu o tema “assunto preferido”. Todos os temas são igualmente bons e apetecíveis, e não há assunto que mereça primazia sobre outro.

Não existem artigos indesejáveis

Todos os artigos devem merecer o mesmo tratamento e devem ser encarados com o mesmo respeito. Afinal trata-se de trabalho, e trabalho pago. Ninguém está interessado na opinião pessoal do redator, o que lhe é pedido é que cumpra com a sua parte do acordo e redija.
Não é um bom truque ir adiando a composição de artigos menos desejados. Nenhum artigo é de menor importância do que outro. Não existem temas ridículos ou risíveis, assim como não existem assuntos mais dignos do que outros.

Nenhum artigo é impossível de ser redigido

Os excelentes redatores encaram a dificuldade de cada artigo como sendo um desafio a ultrapassar. Nenhum artigo é impossível de ser escrito, mesmo que o tema pertença a uma área completamente desconhecida para o redator. Quando não se sabe, estuda-se. Quando se desconhece, pesquisa-se. Todos os artigos são suscetíveis de serem redigidos por muito complicados que possam parecer à primeira vista.

Copiar não é redigir

Um bom redator não copia, cria. Atenção que pesquisar não é sinónimo de plagiar. Quando o redator não tem conhecimentos suficientes sobre determinado assunto vai pesquisar sobre ele. Mas tem que ser capaz de dar a sua própria interpretação àquilo que for descobrindo, não se limitando a transcrever as informações encontradas. Pense bem: qual o cliente que quererá pagar dinheiro para receber um artigo copiado, e que se encontra disponível de forma gratuita na Internet?
Não se pode ser desonesto na altura de enviar um artigo para avaliação. Mesmo que seja muito difícil detetar o plágio, a própria autoestima do redator se deve sentir inferiorizada pelo ato de copiar em vez de ser capaz de redigir ele próprio o artigo.

Quanto mais se escreve, melhor se escreve

Os excelentes redatores não são obra do acaso, nem se fazem de um dia para o outro. Um excelente redator precisa de fontes de inspiração e de acumular uma bagagem de artigos escritos antes de atingir um nível realmente elevado. É caso para se dizer que quanto mais, melhor. É escrevendo que se adquire o calo e a experiência suficientes para se conseguir atingir uma escrita criativa, interessante e eficiente.

É fundamental gostar de escrever

Pode parecer fantasia, mas muitos dos excelentes redatores seriam capazes de escrever ainda que não usufruíssem de qualquer pagamento, tamanha é a paixão que sentem pelo ato da escrita.
É essencial que o redator encare a atitude de escrever como sendo um prazer, uma paixão. Quando se escreve tendo em vista apenas a compensação financeira só raramente se alcança o estatuto de excelência.
Bons redatores são os que escrevem com o coração aberto, em vez de com a carteira escancarada. O importante é que quem ler os artigos sinta um ressoar no espírito, uma espécie de calor na alma, um arrepio em todo o seu ser.
Ainda mais importante do que instruir, formar e esclarecer através da escrita, o redator deve ter o dom de semear sensações nos leitores. Redatores que escrevem artigos com centenas de palavras e não conseguem arrancar um sorriso a quem os lê falharam no seu objetivo de fazer do mundo um lugar mais bonito.

Um bom redator forma-se com o tempo, com a experiência e principalmente com o desenvolver das capacidades naturais para a escrita. Não há teoria capaz de fazer de um péssimo escritor um bom redator. Assim como não há forma de transformar um escritor preguiçoso num bom redator. Ser redator está ao alcance de qualquer um, mas ser um excelente redator não é para todos.

Votação: 

Votação

Em que altura do dia costuma escrever mais?

Iniciar sessão

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.