Está aqui

Pena de Morte

7 entradas / 0 new
Última mensagem
Damiao do Vale
Retrato de Damiao do Vale
Offline
Last seen: 6 anos 4 meses atrás
Membro desde: 07/29/2011 - 22:25
Pena de Morte

Pena de Morte sim ou não? Uma pergunta tão facil de formular, tão dificil de de encontrar certezas no seu interior, aparentemente começo a ser a favor da pena de morte... e tu?

Leonardo Pereir...
Retrato de Leonardo Pereira dos Santos
Offline
Last seen: 3 anos 6 meses atrás
Membro desde: 10/11/2012 - 22:21
Pena de Morte

Sei que é complicado este assunto,pois é de grande o impacto na estrutura social,política,de religiões,com sérias divergências,mas ao meu ver seria uma forma de inserir na sociedade uma valorização da vida,criaria um freio que não iria acabar de vez com a violência,oque é impossível,mas creio que seria uma barreira de consciência entre pensamentos,consequências e atos,haveria menos atos impensados que aumentam a cada dia nas fichas criminais do nossa Brasil.

Leo Santos

Aparecida Zanet...
Retrato de Aparecida Zaneti Bacinello
Offline
Last seen: 4 anos 5 meses atrás
Membro desde: 06/22/2013 - 01:27
Pena de Morte

Quão complexo falar-mos bem lá no fundinho sobre pena de morte!
No entanto,bem lá no fundinho do coração de cada ser, existe uma visão sobre o tema, embora, sempre de forma reprimida, implícita quem sabe.
Penso que a pena de morte, é extremamente errada, ora, se odiamos o malfeitor, porque nos igualar-mos à ele? Além de que, a morte é pouco sofrimento para aquele que cometeu uma atrocidade contra seu semelhante.
Tem que viver, viver muito para a cada dia vivido, se lembre o motivo pelo qual se encontra preso em uma penitenciária de segurança máxima. Apesar que em nosso país, é difícil encontrar penitenciárias de total segurança. Outro fator de relevância, é o preso trabalhar pelo seu sustento. Nada de viver as custas de cidadãos que saem cedo de casa para ganhar o pão e os impostos cobrados pelo governo, acabam indo para pessoas que não trabalham; e ai, dentre os tantos beneficiados, temos os sistemas prisionais que alegam gastar uma fortuna por preso. Mas, ainda com todos os defeitos administrativos e corruptivos, digo não a pena de morte.

Aparecida Zaneti Bacinello

Alvaro
Retrato de Alvaro
Offline
Last seen: 4 anos 1 mês atrás
Membro desde: 11/02/2013 - 02:33
Pena de morte

Assunto delicado! Não resolve problemas de criminalidade! E se tratando de Brasil, com uma justiça lerda, e muitos erros na elucidação de crimes seria quase impossível sentenciar alguém a tão severa condenação.
Tudo passa pela educação, mais educação menos crimes e para os crimes, presos que trabalhe e estude. Acho interessante ao invés da pena de morte sessões de torturas, juntamente com o estudo e o trabalho.

Alvaro Nascimento

Sr. Mathema
Retrato de Sr. Mathema
Offline
Last seen: 3 anos 4 d atrás
Membro desde: 12/14/2014 - 00:53
Pena de Morte

Creio que não haja muito o que pensar sobre a adoção de pena de morte ou não. O tema é complexo? Pode até ser, mas para aqueles que possuem uma boa compreensão do país em que vivemos, sabe que não seria viável, já que o Brasil, infelizmente, não está preparado socialmente, economicamente e politicamente para aplicar uma penalidade como esta. No que diz respeito ao social, a população brasileira precisa mudar a consciência sobre a vida, o modo de se comportar e o modo de enfrentar os problemas, muitas coisas acontecem pelo simples fato do individuo desconhecer seus direitos, e para aqueles que pouco conhecem faltam a coragem para busca-los. Com a pena de morte, é previsível um caos futuro baseado em suposições que as vezes não passam de "achismos". O povo não tem estrutura para receber a pena de morte como opção de punição a seus infratores.
No que diz respeito a economia e a politica, as duas iriam andar de "mãos dadas". Em uma nação em que a corrupção suja agrada mais que o trabalho honesto, quem tiver mais recursos com certeza não passaria por tal penalidade. Seria uma punição exclusiva dos pobres.

Sr. Mathema

Emanueli
Retrato de Emanueli
Offline
Last seen: 2 anos 7 meses atrás
Membro desde: 03/31/2015 - 22:08
Pena de morte

Sou contra. Uma região do cérebro subdesenvolvida pode criar problemas fisiológicos que alteram o comportamento do ser humano, sendo estes incuráveis. A psicopatia é isso: uma doença mental provavelmente genética, além de ser de nascença e incurável. Logo, matar psicopatas é nada senão eugenia. O mesmo vale para portadores de sociopatia e outras doenças mentais. Essas pessoas devem viver sob cuidados, serem vigiadas atentamente. Eles não sentem culpa, porque seu cérebro não é capaz. Não conseguem se pôr no lugar do próximo, porque falta-lhes empatia devido ao seu problema no Sistema Límbico (responsável por suas emoções, inclusive a citada). Sua lógica é "diferente", mas, como qualquer ser humano, têm direito à vida. De qualquer modo, já é irracional um governo se dar direito de matar um indivíduo simplesmente porque acha justo. Os próprios Direitos Humanos pregam a vida ao ser humano como "algo que se deve ter". Quer punir alguém severamente? Sentencie à prisão perpétua, mas não mate, não se torne um assassino pelos seus próprios motivos.

E. T. B.

Joao Francisco ...
Retrato de Joao Francisco Staub Mafra
Offline
Last seen: 1 ano 10 meses atrás
Membro desde: 01/08/2016 - 10:57
Pena de morte.

Julgar é uma das atribuições mais difíceis de se exercer. Determinar se alguém é culpado já é difícil, punir com um pena considerada justa é muito complexo.
O sistema prisional brasileiro no geral está completamente deteriorado. Celas com muito mais indivíduos que o suportável, ociosidade total dos presidiários, convivência com pessoas que cometeram diversos crimes, privilégio para quem tem formação universitária e outros atributos. Enfim, é um sistema frágil sujeito a rebeliões e crimes entre os próprios presos.
Num cenário assim, é melhor, antes de se pensar em pena de morte, fazer com que o sistema carcerário funcione adequadamente. Se o governo não tem verba para fazer uma grande reforma, que faça parcerias com empresas privadas cuidarem dos presídios no formato de terceirização. Aí, sim, depois da "casa arrumada", o sistema funcionando adequadamente, poder-se-ia pensar em discutir a pena de morte.
Se houver pena de morte, deverá ser apenas executada se julgada até última instância por tribunais supremos, esgotadas toda as hipóteses possíveis de recuperação do criminoso que praticou o mesmo crime por várias vezes.
Obviamente, caso haja a menor possibilidade de recuperação ou qualquer dúvida, pequena que seja, sobre o crime, não se poderia aplicar a pena de morte.
Pena de morte deve ser aplicada ao criminoso que não tenha possibilidade nenhuma de recuperação e tenha cometido crime de grande desumanidade. Por que é que quem tira vida de outras pessoas merece viver? Está claro que quem comete vários crimes de assassinato tem que ter uma punição do tamanho de sua atitude e, em muitos casos, a pena de morte é a única pena que deve ser aplicada.
O ser humano é o mais importante a ser preservado. Se houver a mínima chance de recuperação deve-se aplicar, mas em casos extremos de crimes e violência contra o ser humano deve ter uma punição que seja maior do que o crime que cometeu.

Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários

Votação

Em que altura do dia costuma escrever mais?

Iniciar sessão

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.