Está aqui

Eu sou a Consciência negra que te atrai

1 entrada / 0 new
AdrianeAbreu
Retrato de AdrianeAbreu
Offline
Last seen: 4 anos 9 meses atrás
Membro desde: 01/30/2015 - 13:51
Eu sou a Consciência negra que te atrai

Sou a Consciência negra, que te atrai, tão sutil e grotesco como navalha, sou a consciência negra que chega e domina, que deita em sonhos forjados em tempos de escravaturas.

Sou a negritude do hoje do ontem do amanha, sou a consciência negra das travessas que meu pai passava, sou o tiro certo o errado, o fardo, o pardo, meu grito não se ouve nos altos cleros, e nem sobe em montanhas, vivo o gemidos dos açoites das madrugadas, do trabalho das lavouras de café.

Sou o semblante triste da dor, ou o semblante alegre das rodas de capoeira, das mesas fartas e da fome de justiça.

Sou a escravatura ou criatura que anseia por carta de alforria, sou nu e cru, sou eu na senzala com grilhões nos pulsos ao tempo que nasce o negrinho em meio a dores de parto, sou eu quem falo, a pele negra, minha raça, minha cor, minha dor, liberdade minha, minha pátria, minha vida, meu amor..

Votação

Em que altura do dia costuma escrever mais?

Iniciar sessão

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.